< Voltar

NotíciasAdicionar ao favoritos

Patchwork, quilt ou patch apliquê?

Você conhece realmente o significado de cada uma dessas técnicas? Aproveite, então, para sanar todas as suas dúvidas
Você conhece realmente o significado de cada uma dessas técnicas? Aproveite, então, para sanar todas as suas dúvidas e tirar proveito da beleza de cada uma delas

Por Angélica Yassue


Estas três técnicas, ambas decorativas, já são conhecidas há tempos. O patchwork, em sua tradução literal “trabalho com retalho”, é uma técnica que une pedaços de tecidos em diversos formatos, sendo a parte superior do trabalho. A peça completa é acolchoada, formada pela parte superior, a manta acrílica, mais o fundo, tudo preso por uma técnica conhecida como quilt ou quilting.

Já o patch apliquê, ou patch colagem, é uma técnica ornamental utilizada para decorar roupas, toalhas e tecidos com utilidades diversas, cuja produção é simples. Para fazer um patch apliquê básico, é preciso tecido de estampas diversas, papel termocolante, agulha, linha, ferro de passar e muita criatividade. Primeiramente, deve-se fazer um desenho no papel termocolante; feito isso, é passado o ferro em cima do tecido com o papel.

Depois de colado, o tecido é recortado e costurado em caseado, diretamente onde deve ser aplicado. “O pacth apliquê é a aplicação de tecido sobre tecido, dando a possibilidade de utilização de qualquer figura”, explica Renata Lis Beninello, do ateliê Orallegra, situado em São Paulo e especializado em patchwork.

Existem várias versões sobre a origem do patchwork e dos acolchoados. Para Renata Lis Beninello, eles surgiram no antigo Egito, aproximadamente no século 9 a.C. “Naquela época, eles combinavam criatividade e reciclagem”, comenta. “Também tem a versão de que alguns comerciantes do antigo Oriente levaram a técnica à Inglaterra no século 11 para criar belos tapetes e túnicas clericais”, afirma.

Segundo Regina Leme, gerente de marketing da Toke e Crie, empresa que trabalha com materiais artísticos, e entendedora do assunto, “o quilt é a costura do ‘sanduíche’ com o pacthwork na parte superior, a manta, e o tecido do fundo. Pode ser feito à mão ou à máquina”. Para complementar a informação, Regina Alves e Nica Loss, sócias da Frynn, empresa especialista no segmento de artesanato, explicam: “Essa costura, o quilt, é feita para firmar as camadas e não deixar tudo solto”.

Selecione os materiais
A escolha do material é de total importância. Um bom tecido faz toda a diferença na hora de fazer o trabalho, por exemplo. E outra questão fundamental está na combinação de cores. Não adianta querer colocar rosas vermelhas com orquídeas selvagens pink no mesmo buquê, por exemplo. Não vai funcionar!

Para Regina Leme, bons materiais resultam em bons resultados. Então, procure sempre os tecidos de 100% algodão, já que são mais resistentes a longo prazo. Lembre-se sempre de lavar os tecidos antes de cortá-los. “Às vezes, eles vêm da fábrica com goma e, caso encolha, pelo menos será antes de começar o trabalho”, complementa Regina.

Na hora de escolher a manta acrílica, selecione adequadamente. Para trabalhos mais delicados, prefira a manta com menor espessura. Já para trabalhos mais pesados, utilize a manta mais grossa. “O importante é nunca deixar de usar (a manta acrílica)”, explicam Regina Alves e Nica Loss.

Já no momento de optar pela cor da linha, procure sempre combinar com a cor do tecido. Dê preferência a tons neutros. No quilt, pode ser usado o fio de náilon ou alguma linha que combine com os demais tecidos da peça.

Em plena expansão
Nos Estados Unidos, onde reside a capital do patchwork, o Texas, este mercado de pacthwork movimenta cerca de 2 bilhões de dólares por ano. No Brasil, o patchwork e o quilt existem desde a época do Brasil colonial e era uma atividade feita por escravos com retalhos das roupas de seus senhores, segundo Regina Leme. Atualmente, este tipo de trabalho está sendo destaque nas principais feiras de artesanato, lojas e ateliês do País.

Comentários

  • Gostei muito da informação, pois dou aula de patch apliquê e bom ter essas informações. Obrigada. Valdice
    valdice Santos 11/07/2014 às 9:00
  • nossa como gostaria de aprender pat aplique, já comprei tecidos agora vou tenta fazer, quem sabe da certo né
    claudia severino 30/06/2013 às 22:56

Deixe seu comentário:

  • Por favor digite no campo a seguir o texto que aparece distorcido na imagem. Isto é necessário para evitar que vários cadastros sejam criados automaticamente por um programa de computador.

    codigo

Técnica da semanamais sobre isso

Origami natalino

Origami natalino Confira essa matéria!

PARA PINTAR E BORDAR

GUIA DE PINCÉIS

GUIA DE PONTOS

Vendo Artesanato
Quem somos Expediente Anuncie Fale com a Redação
Home | Contato | Anuncie | Publicidade | Equipe | Assinaturas | Divulgue o Portal Artesanato Decoração | Artesanato | Yesteen | Corporativo | Buquê de Noiva | Vendo Autos | Loja Online Copyright © 2012 - IBC Instituto Brasileiro de Cultura Ltda. |